Como se comportar em uma Audiência Trabalhista?


Novidade! Agora você tirar sua dúvida diretamente com um Advogado Online, clicando aqui ou fazer cálculos trabalhistas grátis, clicando aqui.

Esclarecimentos e Dicas sobre a Audiência Trabalhista.

Muitas pessoas que estão indo pela primeira vez à Justiça do Trabalho têm dúvidas de como se comportar, como se vestir e o que falar durante a audiência referente ao seu processo.

Com base nisso, seguem alguns esclarecimentos e dicas sobre uma audiência trabalhista.

Vista-se adequadamente, independente da sua profissão. Não é porque você é pintor que deverá chegar na sala de audiência com a roupa toda suja de tinta. Roupa limpa, bem passada, cabelo no lugar. Isso basta. Por outro lado, não tente impressionar o juiz com uma mega produção. Pense que está indo a uma entrevista de emprego, assim, não haverá problemas.

Dra. Manuela Praxedes

Manuela Praxedes é advogada, inscrita na OAB/CE sob o nº 22.500, atuante na Justiça do Trabalho desde 2009.

Chegue com, pelo menos, 30 minutos de antecedência. O caos no trânsito está por toda parte do território nacional. Portanto, ao ser designada sua audiência, organize-se para chegar antes do horário determinado pela secretaria. Fazendo dessa forma, você poderá conversar com seu advogado antes da audiência, o que gera uma maior segurança tanto para você como para seu causídico, além de não correr o risco do arquivamento do seu processo, caso chegue atrasado.

Leve duas testemunhas que conheçam o fato. Sim, duas testemunhas são o bastante. Três testemunhas cansam o juiz, principalmente quando vão comprovar o mesmo fato. Além disso, essas pessoas não podem ser membros de sua família, suas amigas íntimas, ou que tenham interesse na ação, sob pena de contraditada, ou seja, de ser impugnada a sua oitiva. Importante esclarecer que, no momento da inquirição da testemunha pelo juiz, você não poderá falar com ela em nenhuma hipótese. E lembre-se: as testemunhas só entrarão na sala de audiência quando chamadas pelo juiz. Por isso, ao ser iniciada a audiência, as testemunhas deverão permanecer fora da sala.

Audiência UNA. Realizado o pregão, que é quando o chefe de audiência chama as partes para adentrarem à sala, inicia-se a audiência. Caso o reclamante, falte, sem justificativa, o processo será arquivado. Caso a parte reclamada não compareça, sem justo motivo, será considerada revel. Vejamos o que acontece quando as duas partes estão presentes, que é o habitual:

Primeiramente, o juiz pergunta se há possibilidade de acordo entre as partes. Em caso positivo, o chefe de audiência redige os termos do acordo, que é assinado pelas partes e homologado pelo juiz.

Caso não tenha acordo, a parte reclamada apresenta a sua defesa e o advogado da parte reclamante manifesta-se sobre a documentação anexada a esta.

Como se comportar em uma audiência trabalhista?

Como se comportar em uma audiência trabalhista?

Depois disso, passa-se à instrução do processo: depoimentos pessoais e ouvida de testemunhas.

Normalmente, o juiz colhe o depoimento pessoal das partes, o Reclamante e o representante legal da parte Reclamada. No momento do depoimento pessoal do reclamante, o representante da reclamada retira-se da sala de audiência. O juiz fará perguntas pertinentes ao que está sendo pedido na Reclamação Trabalhista. Esteja seguro. Só fale se tiver certeza e puder passar segurança ao juiz. Inventar fatos e argumentos poderão lhe prejudicar. Você não precisa utilizar uma linguagem diferenciada ou rebuscada, quando mais simples e sincero o seu depoimento, melhor. O juiz está em busca da verdade e o seu depoimento é de suma importância para tanto. Saiba o que está pedindo para que seu depoimento esteja em consonância com a Reclamação Trabalhista. Durante seu depoimento, dirija-se tão somente ao juiz. Nesse momento, você não poderá falar sequer com seu advogado. Após o seu depoimento, será ouvido o representante legal da parte reclamada e, em seguida, as testemunhas. Primeiro as testemunhas da parte reclamante, depois as testemunhas da parte reclamada. Nesse momento, nenhuma das partes poderá dirigir-se a elas, somente o juiz e os advogados, quando o juiz determinar. Poderão haver outras provas a serem produzidas, tais como vídeos, o que também será realizado durante a audiência de instrução.

Última proposta de conciliação: Após a ouvida das partes e das testemunhas, o juiz fará a última proposta de conciliação, ou seja, uma última tentativa de acordo entre as partes antes da prolação da sentença. Não obtendo sucesso, o processo ficará concluso para julgamento e o juiz decidirá a demanda.

Bom, isso é o que, normalmente, ocorre nas audiências na Justiça do Trabalho. O mais importante é estar seguro de seus direitos e ter calma na hora de demonstrar isso para o juiz.

Boa sorte!

Manuela Praxedes

Advogada Trabalhista

OAB/CE 22.500

Compartilhe:
Ainda tem alguma dúvida? Pergunte gratuitamente a um Advogado Online:

One comment

  • sadi landi

    sou testemunha como devo me comportar na audiência, assim que eu entrar na sala
    do Juiz?

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *