Insalubridade e Periculosidade

NOVIDADE: Agora você pode calcular seus direitos trabalhistas online. Clique aqui e acesse nossa Calculadora Trabalhista.

Inicialmente, vamos esclarecer, desde logo, uma dúvida muito comum: É possível receber adicional de insalubridade e adicional de periculosidade ao mesmo tempo?

A resposta é negativa. Um empregado não pode receber esses dois adicionais ao mesmo tempo. No entanto, caso o Empregado trabalhe em ambiente insalubre e perigoso ao mesmo tempo, é o próprio empregado quem deve escolher qual adicional quer receber..

Uma atividade Insalubre é aquela na qual o empregado trabalha diariamente na presença de agentes nocivos à sua saúde (excesso de barulho, excesso de poeira, trabalho com agentes químicos, etc.).

Atividades Insalubres e Perigosas ensejam adicional na remuneração do empregado

Atividades Insalubres e Perigosas ensejam adicional na remuneração do empregado

Pode-se considerar Insalubre, portanto, aquela atividade que vai “matando” o empregado aos poucos.

No entanto, para uma atividade ser considerada insalubre é necessário que a mesma esteja na relação editada pelo Ministério do Trabalho (NR15 – Clique aqui para visualizar).

Essa relação editada pelo Ministério do Trabalho também determinará o grau de insalubridade de cada atividade.

Existem 3 graus de Insalubridade: Minímo, Médio e Máximo.

No grau mínimo, o empregado receberá um adicional de 10%.

No grau médio, o empregado receberá um adicional de 20%.

No grau máximo, o empregado receberá um adicional de 40%.

Atenção 1: O adicional de insalubridade é calculado sobre o salário mínimo, não importando qual é o salário total do empregado.

Atenção 2: Caso o empregador consiga ELIMINAR a insalubridade, por meio do fornecimento de aparelhos protetores, devidamente aprovados pelo órgão competente do Poder Executivo, o empregado não terá direito ao adicional de insalubridade.

Atenção 3: O simples fornecimento do aparelho de proteção por parte do Empregador (sem conseguir diminuir ou eliminar a insalubridade) não o exime do pagamento do adicional de insalubridade ao empregado.

Uma Atividade Perigosa, por sua vez, é aquela na qual o empregado trabalha em contato permanente com explosivos, inflamáveis e eletricidade.

Pode-se considerar Perigosa, portanto, aquela atividade na qual o empregado está exposto a um risco de vida todos os dias, tendo em vista o trabalho que exerce com explosivos, eletricidade ou inflamáveis. Enquanto uma atividade Insalubre vai matando aos poucos, uma atividade Perigosa pode matar o empregado instantaneamente.

O Empregado que trabalha em uma atividade perigosa terá direito a receber o adicional de 30% sobre o salário base (não é sobre o salário mínimo). Esse adicional é fixo, pois a periculosidade não possui vários graus como a Insalubridade.

Atenção 1: No momento em que deixa de existir o risco à saúde ou à integridade física do Empregado, este deixa de ter direito ao adicional de periculosidade.

Atenção 2: O adicional de periculosidade dos Eletricitários deverá ser calculado com base no salário integral recebido.

Atenção 3: Se o empregador já paga o adicional de periculosidade de forma espontânea, é dispensada a perícia, tendo em vista que o Empregador assumiu que a atividade é realmente perigosa

Se as informações trazidas aqui ajudaram você de alguma maneira e você está satisfeito, clique em CURTIR aqui embaixo. Isso ajuda, e MUITO, na divulgação para que outras pessoas também fiquem informadas sobre seus direitos. Obrigado.

 

Ainda está com dúvida e tem uma pergunta para fazer? Consulte um Advogado online GRÁTIS:

Advogado Online tira suas dúvidas

Compartilhe esse artigo

Se você gostou desse artigo, ajude a deixar tudo mundo sabendo. Compartilhe-o nas suas redes favoritas, clicando abaixo:

Comentários

Páginas: 1 2 3


Xavier Rj
em 05/01/2014

Olá,trabalho como caixa de posto de gasolina,quando fui contratada a promessa era pra ir trabalhar nas cabines,mais não estou na cabine,estou a 2 meses trabalhando em pé ao lado da bomba de combustível junto com o frentista,mas não recebo periculosidade e nem insalubridade,estou em constante contatos exalando diariamente etanol, gasolina comum e aditivada.gostaria de saber se tenho algum direito.

TRATORISTA AGRICULA TEM DIREITO A SALUBRIDADE

joão pereira dos reis / LEME/SP
em 29/12/2013

TRATORISTA AGRICULA TEM DIREITO A SALUBRIDADE

Lorhana Rio de Janeiro
em 19/12/2013

Gostaria de saber se o funcionário que mexe diariamente com vaso santitario, desentope todos os dias um vaso na empresa, tem direito a insalubridade?

Cristiano Oliveira
em 18/12/2013

Caro amigo Rafael,
Trabalho em uma multinacional do ramo de fast food,
realizando serviços de preventiva e corretiva em equipamentos elétricos industriais e em equipamentos de refrigeração. Gostaria de saber se tenho o direito aos 30% de Periculosidade? Sou técnico em Eletricidade industrial e Mecânico de Refrigeração mas no meu contracheque está registrado como Técnico de Loja nível II. Grato pela resposta!

Evandro Jandira SP
em 17/12/2013

trabalho numa empresa com grau de risco 4 tenho direito a insalubridade como todos os colaboradores.

Sheldon Caldas / Salvador Bahia
em 16/12/2013

Boa noite gostaria de saber se tenho direito de insalubridade, eu trabalhei em uma empressa q fazia reparos em barco e lanchas com materias de pinturas com pistola, resina e fibra de vrido e anti-incrustantes.

colatina
em 11/12/2013

oi rafael,sou servidor publico federal,eu trbalho de eletrecista desde de 1990 eu trabalhava no regime clt e recebia 30% depois que mudou p/ oregime estatutario disseram q tinha mudado o percentual para 10% e eu nao sabia dos direitos e depis eu achei uma lei q quem trabalhou em até 91 tinha o direito dos outros 20% no caso vpni mas o CRH nunca colocou essa sigla no meu contra cheque, e agora eu tenho os direitos da correção dos 20%? obrigado,espero resposta.

Salvador
em 02/12/2013

Prezado, bom dia!

Insalubridade – Estou com duvida:

Sou professor e tenho contrato de trabalho em duas empresas na área de preceptoria – atendimento a alunos do curso de enfermagem, dentro de hospitais. Entretanto apenas por uma empresa recebo o adicional de insalubridade. Alega a outra empresa que não tenho direito a receber o adicional tendo em vista que já recebo pelo estado. Pergunta: É isso mesmo? Eu não tenho direito a receber pelas duas empresas?

Desde já agradecemos pela atenção.

Atenciosamente,

Juraci Santos

complementando minha pergunta se ele tiver direitos quais documentos ele precisa levar e onde precisa ir moramos em mg cidade de contagem e no mnisterio ou no sindicato qe ele representa essa reclamaçao

flavio ; içara sc
em 24/11/2013

ola Rafael eu trabalhei 7 anos em uma metalurgica onde a todos os tipos de periculosidade + ela paga so 20% de insalubridade.isso esta certo?espero sua resposta.abraço

meu irmão trabalhou 2 anos11 meses de operador de câmara fria e nunca pagaram nada de adicional insalubridadae queria saber se ele tem direitos a reclamar isso na justiça

weverson
em 22/11/2013

trabalho de auxiliar de eletrica mas fico só no escritorio montando material, tenho direito a periculosidade?

Claudiney Congonhas MG
em 18/11/2013

Bom dia.
Trabalhei numa empresa e ela não pagava insalubridade, e brigávamos sempre pra reveber pois a atividade era de risco, um mês depois que eu saí dela, a mesma começou a pagar e justamente na área que eu atuava.
Eu posso entrar na justiça e pedir que me paguem mesmo ter saído da empresa?

rio dr janeiro
em 18/11/2013

Bom dia,Sou soldador ,e gostaria de saber Se eu tenho direito a receber insalubridade ou películosidade?

Carlos vinicius Rio de Janeiro
em 07/11/2013

Trabalho em uma fabrica de reciclagem de plástico é um material inflamável?No meu setor transformamos esse material que vem pra gente em forma de grãos e fazemos sacos de lixo em uma maquina de alta temperatura chamada de extrusora após essa transformação vai para a maquina de corte onde eu trabalho, existe perigo? A empresa afirma que não está enquadrada para pagar a insalubridade nem periculosidade sendo que além de exposição a fumaça que sai da extrusora ainda tem o barulho que essas duas maquinas faz constantemente a empresa fornece protetor auricular mais mesmo assim o barulho e grande!

Limeira -SP
em 03/11/2013

Trabalhei como engenheiro de processos na Pirelli (fabricante de fios e cabos). Todos eram obrigados a usar EPI período integral devido aos metais pesados usados na fabricação.
Trabalhava em todos os setores acompanhando o processo de fabricação.
Posso usar este período como insalubre?
Claudio

ezequiel , resende rj
em 23/10/2013

Ola, trabalho de vigilante em uma empresa nuclear, e todos na fábrica recebem 30% de periculosidade , desde do começo do ano de 2013, foi decretado mais 30% para todos os vigilantes do país por risco de vida, ou seja, por trabalhar armado e pelo uso de coltes a prova de bala.Só que agora estão querendo retirar um dos dois, podem fazer isso? Ou seja 30% da aréa radiativa e 30% da lei dos direito do vigilantes do país.

Alexandre/Assis-SP
em 23/10/2013

Olá Rafael trabalho na portaria de um hospital da região ,como controlador de acesso,temos contato com varias doenças no local de trabalho,faze-mos liberação de óbitos e controle total de quem entra e sai do hospital. Eu tenho direito a receber insalubridade?

Christiane São Vicente
em 21/10/2013

Boa Tarde, Fui obrigada pela minha chefia a fazer uma cirurgia de nefrectomia( retirada de um rim), durante meu período de férias, a chefia pode fazer isso?oque faço?

Adriano de Souza Curitiba-PR
em 21/10/2013

Boa tarde,

Acabei de entrar em uma empresa com o proposito de “arrumar” o RH, porem logo de inicio me deparei com a seguinte situação:
Alguns funcionários exercem a função de mecânico de manutenção, para essa função segundo o que conheço é pago o adicional de insalubridade no grau máximo, devido o trabalho com graxa e óleos, porem a empresa paga para esses funcionários o adicional de periculosidade.
Existe a possibilidade de alterar a forma de pagamento para esses funcionários, começar a pagar insalubridade ao invés da periculosidade?
Qual o amparo legal que a empresa tem nesses casos? Posso solicitar um laudo de insalubridade para um Engenheiro do Trabalho para descaracterizar a periculosidade e caracterizar a insalubridade?

Att.
Adriano

ismaile cesar Curitiba
em 15/10/2013

boa tarde eu trabalho de almoxarife numa empresa
que estoca varias latas de tintas a base de solventes no minimo 2 tambores de thinner de 200 lts por vez, mas eu recebo insalubridade e fiquei sabendo que tenho direito de escolher por receber periculosidade mas a empresa diz que nao realmente tenho direito de escolher ou nao?

Rafael Praxedes
em 15/10/2013

Prezada Caroline,

Seu patrão não pode proibir de jeito nenhum.

Rafael Praxedes, Advogado – OAB/CE Nº 26.700 – (85) 3454-1115
Fortaleza, Ceará

Rafael Praxedes
em 11/10/2013

Prezado Cristiano,

Possivelmente, você tem direito ao adicional de insalubridade sim.

Rafael Praxedes, Advogado – OAB/CE Nº 26.700 – (85) 3454-1115
Fortaleza, Ceará

Cristiano jundiai/SP
em 11/10/2013

Trabalho em uma estação de tratamento de efluente industrial com reatores biológico. Tenho direito a insalubridade?

Caroline, São paulo
em 10/10/2013

Olá preciso fazer uma cirurgia e ficar afastada por 2 3 dias. O meu patrão tem o direito de me proibir de fazer esta cirurgia ?

Rafael Praxedes
em 07/10/2013

Prezado Nelucio,

Os adicionais de insalubridade e periculosidade não são cumuláveis.

Só se pode receber um dos dois.

Rafael Praxedes, Advogado – OAB/CE Nº 26.700 – (85) 3454-1115
Fortaleza, Ceará

Rafael Praxedes
em 07/10/2013

Prezada Claudia,

Se a pessoa continua trabalhando, ela continuará recebendo o adicional de periculosidade normalmente.

Rafael Praxedes, Advogado – OAB/CE Nº 26.700 – (85) 3454-1115
Fortaleza, Ceará

claudia
em 06/10/2013

Se a pessoa na função de eletricista,recebe adicional de periculosidade, caso ela seja interditada relativamente, ou seja só para alguns atos da vida civil, pois está acabando com seu patrimônio . ( tóxicos) . Ela perde adicional ?
Pois o problema não repercute no trabalho, pois, é um excelente funcionário.

nelucio / joao pessoa pb
em 06/10/2013

sou vigilanta trabalho no posto de gasolina recebo risco de vida gostaria de saber se tenho direito a insalubridade pois a impresa é organica

Rafael Praxedes
em 04/10/2013

Prezada Laísa,

Estagiários não possuem direito aos adicionais existentes na CLT.

Rafael Praxedes, Advogado – OAB/CE Nº 26.700 – (85) 3454-1115
Fortaleza, Ceará

Laísa, Recife.
em 03/10/2013

Olá,

Estagiários que trabalham por 4h em laboratório que tem insalubridade possuem o direito do recebimento? Att.,

Rafael Praxedes
em 27/09/2013

Prezado de Recife,

Nesse caso, é necessário haver uma perícia em seu local de trabalho, a fim de determinar se você está trabalhando em temperaturas superiores as aceitáveis normalmente.

Rafael Praxedes, Advogado – OAB/CE Nº 26.700 – (85) 3454-1115
Fortaleza, Ceará

recife
em 27/09/2013

boa noite sr Rafal trabalho em uma pitzzaria com forno a lenha sou pitzzaiolo tenho direito a insalubridade obg pela futura resposta

Alan vinicio ,Rio de Janeiro
em 25/09/2013

trabalho há 2 anos transportando resíduo biológico e não recebo a insalubridade,afinal tenho o direito?

são Felix do xingu- PA
em 13/09/2013

Eu tenho um colega que trabalha com eletricidade ele tem direito a periculosidade, ou seja ele troca lampadas e mexe em algumas fiações elétricas…

Josiane
em 10/09/2013

Olá Bom dia, trabalho em um hostel como camareira, lidamos com lixos dos quartos e banheiros, arrumamos os lençois, e fazemos a faxina com produtos de limpeza pesado. 1 vez por semana faxina na cozinha, onde temos que arrastar coisas, e fazer a geral dos talheres, facas, vidros…

Gostaria de saber se nossa profissão recebe insalubridade!!
Obrigada pela ajuda otima semana.
Att Josiane

Contagem
em 09/09/2013

Bom dia!

Trabalho para uma empresa que presta serviços para várias outras.
Na empresa que estou alocado, recebo 30% de periculosidade.
Se o contrato acabar e eles me levarem para dentro da empresa eu preco estes 30% ou eles são obrigados a pagar.
Uma vez que recebi e ja faz parte do meu salário.

Agradeço muito a atenção

Tayrine de Santana Braga Sousa, São Paulo
em 07/09/2013

Gostaria de saber, se a empresa pode se isentar de pagar algum dos dois benefícios caso, esta alegue fornecer EPI – máscara, avental, luva e óculos. Trabalho em uma empresa de prestação de serviços na ramo químico com análises laboratoriais onde a principais produtos analisados são amostras oriundas de agroquímicos (produtos técnicos, inseticidas, agrotóxicos, alimentícios, farmacêuticos e águas).

maria silva
em 06/09/2013

Sou instrutota dr informatica. Tenho diteito de recebrr adicional, corro algum tipo de risco?

Estrela d`Oeste
em 05/09/2013

trabalho no transporte de liquidos inflàmaveis a mais de dez anos ,e nunca recebi adicional, posso recorrer mesmo estando empregado na empresa?

laercio sp
em 04/09/2013

trabalho com mecanico de manutençaõ no periodo da noite pois o eletrecista que trabalha no meu horari recebe pegorisidade pois na foga dele eu faso o serviso dele ate manobra de gerador de 220 e380

Rick reis santarém pará
em 02/09/2013

olá, trabalho numa concessionária a três anos e meio e três vezes na semana preciso ir ao posto comprar combustível em carotes para abastecer carros novos . Essa atividade entra em questão a periculosidade ? tenho algum direto? Pois nunca recebi nada.
At,
No aguardo
Rick.

Rick Reis
em 01/09/2013

Olá, trabalho numa empresas e três vezes na semana preciso ir ao posto comprar combustível para abastecer os veículos . Essa atividade entra em questão periculosidade? Tenho direto de receber ? Já tenho três anos e meio e nunca recebi nada.
At,
No aguardo
Rick

claudio torres cidade- belo horizonte
em 27/08/2013

eu trabalhei de modelador em uma empresa de placa de 1985 a 2001- trabalhava com acido muriático – cloroforme- cola de contato(mais conhecida como cola de sapadeiro)e forno para moldar agrilico, a empresa não dava o eipei, mas de 1998 a 2001 ela me pagou a insalubridade. eu denho direito de receber o ppp de todos os anos. De 2002 na empresa atual que trabalho de placa recebe salubridade e depois em 2004 ela cortou a salubridade e começou a da o ipi, mas , funcionava desse jeito, quando tinha a cipa, 1 ano dava o epi e assinava o pepel de recebimento do epi. e depois não não recebia mais o epei .pssava de 4 a5 anos a empresa colocava outro funcionário a ser representade da cipa ai sim ela dava o epei . e depois disso não dava mais. e nesta empresa trabalho de funileiro nas trabalho com os mesmo trabalho com acido muriático, cloroformio, como cola de contado, e com praime para aderência de fita dupla face..Pois nas duas empresa eu CLAUDIO trabalhei em varias funções.E maquinas como furadeira.lixadeira forno para moldagem de agrilico,, e de marceneiro trabalho com madeira, O acido muriático e para soldar ledras de chapas com solda braca, e nuca uzei mascaras ou luvas , poucas vezes. E a empresa poucas vezes manda o funcionário fazer o exame periotico do metico do trabalho já vai fazer 4 ou 5 anos que não faço exame de sangue, autiometria, etc…pois o lucar onde trabalho e uma empresa pequena tem barulho pois serralheria , funilaria e junto e tem pintura também. pedi o ppp, e a empresae , me deu mas não constou nada que seja insalubre. Temo 28 anos de tempo de serviço. Gostaria de aposentar-me com aposentadoria especial de insalubridade. Com devo proceder?..

andre - fortaleza
em 26/08/2013

Boa noite Rafael! Trabalho em um hospital e faço manipulação de produtos químicos tipo: virkon,eter,hipoclorito e formol,trabalho em uma sala fechada sem ter nem sequer um exaustor enfim,queria saber qual o nível de insalubridade eu tenho direito a receber 10,20 ou 40%?

Brra mansa
em 26/08/2013

trabalhei em uma empresa em 2009 quando sai ,ela pagava salubridade ,voltei em 2012 ,ela não paga mais ,só que os funcionários que ficaram ,recebem ,eu tenho o direto de correr atras futuramente para aposentar.valeu ,aguardo resposta.FIQUEM COM DEUS.

Andre, Natal-RN
em 25/08/2013

Olá! Trabalho em uma operadora de Saúde no setor de autorização, recebo a insalubridade normal. Só que estão querendo me tirar do meu setor e transferir para uma empresa conveniada com o plano ( para que eu seja autorizador exclusivo da empresa ). Já fiquei sabendo que lá não recebe insalubridade pois o risco é menor! Minha pergunta é! A empresa pode tirar minha insalubridade assim derre pente sem nenhum acordo? Pois de qualquer maneira meu salário de uma forma geral vai diminuir! Obg.

Leticia São Paulo
em 18/08/2013

Trabalho em setor fechado (centro cirúrgico) há 4 anos. O pessoal mais antigo recebe insalubridade de 40%. Os últimos funcionários que foram contratados nos últimos 6 anos fazem a mesma função e recebem 20% da insalubridade. Ta certo isso?

Elvis Vidal /SP
em 06/08/2013

Boa tarde!
Trabalhei 2 anos em campo,sujeito a ruido de carros,sol ,entrava em locais que tinham animais peçonhentos e tubulação de esgoto(em construção)para conferir o andamento da obra.Nunca recebi insalubridade,nem EPI adequado.Posso entrar com uma ação trabalhista para receber os dois anos que não recebi?e no meu exame médico consta que não sou exposto a nada de risco.
Obrigado!

joel alves
em 22/07/2013

ola Rafael, boa noite ..parabéns pelo site.
eu trabalho em manutenção em equip. odontológicos, nos consultórios to sempre mexendo com mangueiras entupidas por sangue, saliva…..e as vez EPI não resolve pois pode ocorre um jato desses resíduos,,principalmente em bombas a vácuo..eu gostaria de saber de tenho o direito a adicional de insalubridade..

me ajude.

bairon de souza madeira /manaus
em 20/07/2013

trabalho diretamente com refrigerção industrial e climatização , tenhu direito a insalubridade ou periculosidade?

RAIMUNDO LOPES .NATAL RN
em 18/07/2013

trabalho em uma empresa textil que todas as maquinas funciona a gas natural,eu tenho direito a periculosidade.pois coloquei a empresa em questao mais ela alega que paga muito bem a um plano de saude…

Christiane Rocha / São Vicente
em 17/07/2013

Bom dia, Trabalho no centro de pequenas cirurgia de um hospital, com direito a insalubridade, porém quando fui admitida no mesmo setor fiquei 7 meses sem recebe-lo, o RH me informou na época que iria pagar todos os atrasados e até hoje nada. Tem como eu receber isso na justiça? E aconteceu também em 2012, que uma médica me humilhou na frente de várias pessoas me chamando de incompetente aos berros,pois ela queria ir embora e eu ainda estava abrindo os curativos de um paciente dela, que por sinal esse mesmo paciente me forneceu seu telefone para servir de testemunha do ocorrido, pois estava apenas fazendo o meu trabalho. não fiz nada na hora, pois minha chefe falou que se eu processar a médica, o hospital em que trabalho me mandaria embora e também o hospital me “sujaria” para todos os hospitais da baixada, mas não consegui esquecer oque houve e perdi a vontade de trabalhar por conta desse ocorrido

Natal
em 15/07/2013

Olá, sou servidora municipal e trabalho na área administrativa em uma unidade de saúde. Tenho dúvidas quanto ao direito de receber o adicional de insalubridade já que trabalho com assistência aos pacientes, marcação de consultas/exames e encaminhamento destes para outros setores. Tenho contato constante com pacientes e muitos com doenças contagiosas. Vejo risco evidente de contaminação e possuo receio uma vez que não tenho nenhuma garantia de segurança e nunca recebi o adicional. Se eu ficar doente tenho algum direito? Devo solicitar a mudança de setor? Possuo direito ao adicional?

Grata, Roberta de Lima

Márcio J. Neto - Goiânia/GO
em 13/07/2013

Estou trabalhando na mesma empresa há seis anos, durante quatro anos estive exposto aos riscos da energia elétrica, mas a empresa se negava pagar o adicional, hoje porém a empresa reconhece e me procurou para acertar, mas teme fazer acerto extrajudicial e depois ser cobrada por mim novamente. Existe como acertar judicialmente e manter o emprego, ou obrigatoriamente tenho que me desligar?

Jorge Cassemiro de Lima
em 11/07/2013

Bom Dia!
Trabalho na Plataforma da Petrobras.
Recebo no contracheque os 30%
de Perigulosidade, mais na minha
carteira profissional tem disendo
comprimentação salarial oque eu
Faço?
Atenciosamente Obrigado
Cassemiro.

Jorge Cassemiro de Lima
em 11/07/2013

Bom Dia!
Trabalho na Plataforma da Petrobras.
Recebo no contracheque os 30%
de Perigulosidade, mais na minha
carteira profissional tem disendo
comprimentação salarial oque eu
Feço?
Atenciosamente Obrigado
Cassemiro.

Rafael Praxedes
em 07/07/2013

Prezado Patrick,

A nomeclatura pode ser qualquer uma dessas.

Patrikc-ce
em 07/07/2013

Oi como é dado o nome do profissional qre trabalha na caldeira?(é operador de caldeira ou caldereiro).

edio jose neves
em 05/07/2013

tem 54 anos tem26de contribuiçao como gostaria de saber quanto tempo de salubidade vale cada ano,so numa firma trabalhei 8 anos sera que ja posso me aposentar com juntando com salubidade.

são paulo
em 04/07/2013

Eu trabalho em uma empresa que fábrica luminárias, eu trabalho como eletricista de manutenção e instalação.Nesta empresa eu juntamente com outros 3 companheiros trocamos toda a instalação elétrica, até removemos transformadores de 500KVA. montamos 11 quadros elétricos de distribuição geral e puxamos cabos de 240mm,185mm,120mm,95mm da subestação até os quadros. Quero saber se este tipo de serviço esta enquadrado na periculosidade.E a empresa não forneceu para nos o curso NR-10.

Susane- Cerquilho
em 02/07/2013

Olá Dr.
Trabalho em uma empresa onde produz resina, trabalho no escritorio e até mês passado, recebia insalubridade de 20%, agora não estao pagando, alegam que pagavam para nós do escritorio porque queriam e não porque deviam. Ressaltando que nós descemos direto a produção, para questionar e entregar coisas aos meninos da produção, sem contar o cheiro que sentimos todos os dias, quando se inicia a produção de alguma cola. Amonia, texanol, formol etc. Poderia me informar se devo ou nao receber o insalubre? Destacando que o escritorio é no mesmo barracão onde se produz a cola, o que separa ele é uma parede, nada mais.

Christiane Rocha / São Vicente
em 02/07/2013

Bom dia, Trabalho no centro de pequenas cirurgia de um hospital, com direito a insalubridade, porém quando fui admitida no mesmo setor fiquei 7 meses sem recebe-lo, o RH me informou na época que iria pagar todos os atrasados e até hoje nada. Tem como eu receber isso na justiça?

Carlos, Campos-RJ
em 02/07/2013

Caros Amigos,

Gostaria de saber uma infomação. Na empresa onde trabalho ela paga para os funcionários que entraram antes de mim os 30% de periculosidade e para mim e os demais qu entraram depois, não.

Quando eu era auxiliar, outro auxiliares que entraram antes de mim recebem os 30% e passei a mecânico e continuo não recebendo. Começou a pagar, muito tempo depois, a insalubridade.

A conversa da empresa é que, onde trabalhamos não tem direitos de periculosidade. Os outros recebem porque foi um acordo com os mais antigos.

O que me deixa encabulado é: Como que no contra-cheque dos outros vem 30% periculosidade e exercemos a mesma função. Outros de mesmo cargo do que eu recebem e eu não???

Posso entrar na justiça para tentar receber isso? Qual o melhor procedimento??? Como posso provar perante a justiça este ocorrido? Já tenho 3 anos e meio de empresa.

Atenciosamente,

Carlos.

Taboão da Serra
em 28/06/2013

Trabalho no escritório de uma empresa que atua na área de instalação de mármores, porem dentro do escritório tem acumulo de muita poeira, e eu tenho rinite crônica, toda semana ela ataca.
Eu tenho direito de adquirir Insalubridade ?

kelvin rio negro
em 28/06/2013

Trabalho a 3 meses em uma metalurgica e começaram a pagar salubridade após os 3 meses…tenho direito de insalubridade nos 3 primeiros meses ou não ? eles devem me pagar a insalubridade dos 3 primeiros meses ?

Rafael Praxedes
em 27/06/2013

Prezada Paula,

Se a função exercida é IDÊNTICA, você pode requerer equiparação sim e requerer o adicional de insalubridade.

paula - belo horizonte
em 26/06/2013

Trabalho num local onde várias pessoas recebem insalubridade e outros (em mesma função), não. posso requerer o adicional? posso alegar quebra do paradigma da insalubridade? Grata

Sebastião - Lins SP
em 24/06/2013

Prezado
Trabalhei durante 9 anos como auxiliar de mecânico em uma retificadora de motores. porem a empresa foi extinta. depois disso sempre trabalhei em serviços onde recebo periculosidade. como posso fazer para requerer aquele tempo como especial para juntar ao atual e solicitar minha aposentadoria?
no desenvolvimento da função de auxiliar de mecânico, eu realizava a limpeza de peças com produtos químicos e
Grato.

Escreva aqui