Advogado Trabalhista Online – Tire sua dúvida agora

Envie o seu caso para um advogado trabalhista online.

Olá amigo(a) visitante do blog Direito do Empregado!

Nos últimos meses, podemos perceber que há uma grande demanda de pessoas que acessam o nosso blog no intuito de tirar dúvidas, procurando um advogado trabalhista para responder seus questionamentos.

Em nosso blog, temos inúmeros posts gratuitos que podem lhe ajudar a tirar dúvidas sobre trabalho sem carteira assinada, FGTS, 13º salário, férias, direitos na dispensa sem justa causa, direitos no pedido de demissão e direitos trabalhistas em geral.

Dúvidas sobre direitos trabalhistas são muito comuns no dia a dia, tendo em vista que, em algum momento, todos precisamos realmente ter conhecimento acerca das leis brasileiras (e são muitas leis!)

NOTA IMPORTANTE: Esse espaço do blog destina-se somente a responder dúvidas iniciais, não caracterizando, portanto, consulta jurídica gratuita. A consulta com um profissional especializado é de extrema importância. Encontre advogados trabalhistas em sua cidade, clicando aqui.

Você pode enviar sua dúvida logo abaixo e tentaremos responder o mais rápido possível:

78 Comments

  1. Avatar Gilmar disse:

    Olá, eu trabalho em uma empresa que presta serviço terceirizado para o hospital,trabalho 12/36.
    No local em que trabalho, todos os funcionários do hospital mesmo eles trabalham 12/36 mas possuindo uma folga na semana, e nós que somos terceirizado não temos.
    Trabalho faz 6/7 meses um dia sim um dia não infinitamente.
    Tenho direito a folga ou não ?
    Abraço, aguardo..

    • Equipe Direito do Empregado Equipe Direito do Empregado disse:

      Olá Gilmar.

      De acordo com a lei, não há previsão para uma folga semanal em escalas de 12/36. Pela lei, portanto, não há direito a folga. Contudo, você pode consultar o seu sindicato, pois pode haver uma norma na convenção coletiva que estabeleça uma folga.

  2. Avatar Amom disse:

    Boa tarde, como comunicar o ministério da economia sobre a suspensão do contrato de trabalho da doméstica ?. Seria indo pelo esocial -> afastamento e colocar motivo da pandemia ? obrigado.

    • Equipe Direito do Empregado Equipe Direito do Empregado disse:

      Olá Amom.

      Também estamos procurando essa informação. Infelizmente, não está claro por onde o governo deve ser informado. Se alguém souber, responde esse post aqui por gentileza.

  3. Avatar Ana Carolina disse:

    Olá bom dia minha empresa quer fazer um acordo com funcionários como se nos tivéssemos pedindo um acordo pra eles eles somam td q eles devem e tira o valor de 50% sem pagar os 40% q eles tem q pagar se eles mandam embora portanto se eu tenho 10.000 pra receber eles vão me pagar 5.000 qual medida tomar diante disso? O sindicato já disse q eles estão errados E estão aproveitando essa pandemia para demitir

    • Equipe Direito do Empregado Equipe Direito do Empregado disse:

      Olá Ana Carolina.

      A medida é procurar um advogado trabalhista com a maior urgência possível para um acompanhamento da situação por um profissional especializado.

  4. Avatar Cris disse:

    Olá,
    No dia 04 de março de 2020 assinei o aviso indenizado (desligamento sem justa causa), trabalhei na empresa por 7 anos. A empresa realizou o deposito da rescisão no dia 17 de março, mas não tem previsão para homologação no sindicato, em função do coronavirus. Como faço para sacar o FGTS e receber o seguro desemprego? baixei a carteira digital, mas a empresa alega que não é possível disponibilizar a chave de saque sem antes fazer a homologação.

    • Equipe Direito do Empregado Equipe Direito do Empregado disse:

      Olá Cris.

      Para sacar o seu FGTS, é necessário que a empresa emita a documentação. Após a reforma trabalhista, não é mais necessária a homologação da rescisão no sindicato.

  5. Avatar Milene disse:

    Olá! Trabalhei meio período por 7 meses em uma empresa que só me registrou integralmente a partir do oitavo mês. Quais direitos tenho aos 7 meses anteriores?

    Agora, devido à situação atual do COVID-19, o prefeito da minha cidade decretou que as lojas deveriam ser fechadas evitando aglomerações, no entanto meu local de trabalho foi fechado. De registro tenho apenas 9 meses de trabalho, mas meus chefes resolveram antecipar minhas férias para abater neste tempo em que estou em casa. Considerando o decreto e a antecipação, isso está correto? Pode ser feito?

    • Equipe Direito do Empregado Equipe Direito do Empregado disse:

      Olá Milene,

      Independente de ter assinado ou não sua carteira, os 7 meses anteriores devem contar como tempo de trabalho para todos os efeitos. Contudo, possivelmente você apenas conseguirá o reconhecimento desse período clandestino por meio de uma ação na justiça do trabalho.

      Em relação a segunda pergunta, é possível sim conceder férias a empregados que ainda não haviam completado o período aquisitivo, em virtude da pandemia do covid-19.

  6. Avatar Karina Batista disse:

    Olá,sobre a nova lei De suspensão do contrato de Trabalho. O empregado tem o direito a rescisão de contrato? Desde o tempo que foi registrado na empresa?

    • Equipe Direito do Empregado Equipe Direito do Empregado disse:

      Olá Karina.

      O empregado não possui direito a rescisão do contrato de trabalho. A medida provisória prevê a suspensão do contrato por até 60 dias.

  7. Avatar Jamile disse:

    Bom dia,
    Sou professora da rede particular de SP onde o decreto com a paralisação das escolas que está em vigor vai até 09/04 (pelo feriado o retorno seria 13/04) porém hoje estou trabalhando em home office com vídeo aulas. Hoje fui avisasa que a partir do dia 06/04 a escola dará férias de 15 dias e o pagamento da férias será feito ate 07/05. Gostaria de saber se essas medidas são legais

    • Equipe Direito do Empregado Equipe Direito do Empregado disse:

      Olá Jamile.

      Sim. Essas medidas estão dentro do que prevê a mp 927/2020. Veja a íntegra aqui.

  8. Boa noite me chamo Gabriel.
    Trabalho em uma terceirizada, prestamos serviço a uma multinacional essa multinacional pediu meu afastamento, depois de um furto ocorrido no setor qual eu estava trabalhando quando fui questionádo sobre o assunto respondi que não havia visto ou presenciado o fato ocorrido, e mesmo assim pediram meu afastamento sem me dar muitas explicações.

    Gostaria de saber como devo proceder nesse caso pois não tenho nenhum envolvimento no fato ocorrido a empresa qual eu trabalho não me deu nenhum suporte ou resposta sobre o meu afastamento?

    • Equipe Direito do Empregado Equipe Direito do Empregado disse:

      Olá Gabriel,

      Esse é realmente um caso muito complexo que pode envolver uma possível dispensa discriminatória. Contudo, tudo deve ser devidamente comprovado.

      Recomendamos fortemente que procure um Advogado Trabalhista para uma consulta aprofundada sobre o tema.

  9. Avatar Diana disse:

    A empresa onde trabalho dispensou a todos e fez assinar um afastamento compulsório por 180 dias prorrogáveis por mais 180 e durante esse perdidos não vai pagar nada,apenas o vá de 400 reais sera pago no Sodexo mensalmente( disseram q foi acordo deles com sindicato dos aeroviários)….podemos ficar sem receber? Somos terceirizados do setor de transportes aéreos…..

    • Equipe Direito do Empregado Equipe Direito do Empregado disse:

      Olá Diana.

      Essa conduta da empresa não está dentro dos parâmetros das medidas provisória publicadas. Recomendamos que consulte um advogado trabalhista ou o seu próprio sindicato.

  10. Avatar Lorena disse:

    Boa tarde. Tenho 1 mês de carteira assinada, minha empresa fechou no dia 20 /03 por conta do covid 19, primeiro informarão que teríamos 10 dias de férias ao contar do dia do fechamento, mas como continuo esse situação, prorrogaram mais 20 dias, todos os funcionários veteranos receberão como férias como foi dito, mas me informarão que eu só teria direito ao vale alimentação, que os dias que estarei em casa não tenho direito de receber e nem direito a férias, a resposta que me deram que esses dias não seria falta seriam abonados, está certo isso ou tenho direito o meu salário mesmo estando em casa ????

    • Equipe Direito do Empregado Equipe Direito do Empregado disse:

      Olá Lorena.

      Independente do tempo de registro, você tem os mesmos direitos dos demais funcionários. Você deveria entrar de férias assim como os outros. Essa medida esta equivocada.

  11. Avatar rayani disse:

    estava cumprido o aviso prévio do dia 03/03 e até o dia 25/03 quando a quarentena começou,gostaria devsabet se ele pode volta atrás e não me manda mais embora.

    • Equipe Direito do Empregado Equipe Direito do Empregado disse:

      Olá Rayani.

      Se o empregador voltar atrás, você terá que concordar, de acordo com a lei. Se você não concordar, fica mantida a dispensa.

  12. Avatar Maria disse:

    A empresa em que trabalho dispensou os funcionários entre o dia 23/03/2020 e 31/03/2020 e não comunicou nada sobre se iria descontar salário ou algo do tipo.
    Hoje 02/04/2020 Nos enviaram um acordo para assinarmos e nesse acordo consta que iremos receber normalmente porém iremos ficar devendo no banco de horas os dias/horas não trabalhadas.
    Gostaria de saber se é correto isso? Já que não comunicaram nada, apenas nos mandaram pra casa, sem ser acordado nada.

    • Equipe Direito do Empregado Equipe Direito do Empregado disse:

      Olá Maria.

      Nesse período difícil que passamos, as empresas devem cumprir exatamente o que está disposto nas medidas provisórias 927/2020 e 936/2020. Todos os acordos com os empregados devem ser feitos individualmente e por escrito.

  13. Avatar Naia disse:

    Olá
    Gostaria de tirar uma dúvida trabalhei por 2 meses sem carteira assinada, e agora em março ele registou a carteira dia 02/03,agora dia 31/03 ele me mandou embora . Minha dúvida é quais são os meus direitos?

    • Equipe Direito do Empregado Equipe Direito do Empregado disse:

      Olá Naia.

      Você tem todos os direitos trabalhistas garantidos desde o primeiro dia de trabalho. Deve receber aviso prévio, saldo de salário, 13º proporcional, férias proporcionais + 1/3, multa de 40% do FGTS e saque do FGTS.

      Recomendamos que procure um advogado trabalhista.

  14. Avatar Katiany disse:

    Trabalhei por 8 meses na empresa e agora eles vão fazer a suspensão de contrato vou ter direito ao seguro desemprego? Pois é a primeira vez que vou solicitar o seguro .

    • Equipe Direito do Empregado Equipe Direito do Empregado disse:

      Olá Katiany.

      De acordo com o previsto na MP 936, todos os empregados que tiverem o contrato suspenso receberão benefícios do governo calculados com base no seguro desemprego.

  15. Avatar Tatiane Santos disse:

    Oi
    Boa noite
    Eu não estou trabalhando Home Office,
    A empresa não está disponibilizando o ticket alimentação/ salário, devido a a crise da Covid-19.
    Mesmo por causa desse problema os funcionários podem ficar sem receber seus benefícios (ticket alimentação/ plano d saúde/ salário)?
    Pois nosso trabalho não pode ser Home Office, somente presencial.
    Mim esclareça por favor.
    Obrigada!

    • Equipe Direito do Empregado Equipe Direito do Empregado disse:

      Olá Tatiane.

      Se o trabalho está suspenso, a empresa não está obrigada a fazer o pagamento de vale alimentação. Em relação ao salário, a empresa não pode simplesmente suspender o pagamento. As regras da MP 936/2020 devem ser cumpridas.

  16. Avatar Tatiane Santos disse:

    Gostaria d saber
    Com a crise Covid-19 a empresa pode deixar d pagar o benefício ticket alimentação/ salário.
    Tou passando por essa situação.
    Obrigada

    • Equipe Direito do Empregado Equipe Direito do Empregado disse:

      Olá Tatiane.

      Se os empregados continuam trabalhando de casa (home office), a empresa não pode deixar de pagar ticket alimentação e, muito menos, salários.

  17. Avatar Joseane disse:

    Queria tirar uma dúvida, se desde fevereiro minhas férias estavam programadas para abril, tenho mesmo que entrar nessa nova medida provisória com pagamento de proporcional em dezembro? Sendo que assinei o papel antes de aviso de férias com informações antes da medida provisória?

    • Equipe Direito do Empregado Equipe Direito do Empregado disse:

      Olá Joseane,

      Em nosso entendimento, se as férias já estavam programadas, não se aplica a MP 927, devendo ser paga no prazo convencional previsto na CLT.

  18. Avatar Michelle dos Santos Brito celestino disse:

    Olá meu nome é Michelle trabalho em um hospital particular como técnica de laboratório estou grávida de 2 meses e queria ser afastada por conta de ser uma área insalubre e ainda mais com a pandemia. Como faço pra ter esse afastamento?

    • Equipe Direito do Empregado Equipe Direito do Empregado disse:

      Olá Michelle,

      Nesse caso, sugerimos que converse com seu médico e solicite um atestado médico que recomende o seu afastamento. Caso não seja possível, tente conversar diretamente com o seu empregador para que suas férias sejam antecipadas nos termos da MP 927/2020.

    • Avatar Gabryelle Santos disse:

      Olá,na carteira tenho duas horas de almoço e na prática só uma! Isso pode ?

    • Equipe Direito do Empregado Equipe Direito do Empregado disse:

      Olá Gabryelle.

      Na realidade, o empregado que trabalha mais de 6 horas por dia possui direito a, no mínimo, 1 hora de descanso. O empregador possui poderes para aumentar esse período para 2 horas ou diminuir para 1 hora, desde que não seja menor que 1 hora de intervalo. Por isso, não vemos problema nessa situação.

  19. Avatar Luana disse:

    Olá, a empresa em que trabalho optou por Suspender o contrato de trabalho, por conta do Corona vírus, ia tirar minhas férias em agosto, gostaria de saber como vai ficar as férias, eu ainda tenho direito?

    • Equipe Direito do Empregado Equipe Direito do Empregado disse:

      Olá Luana,

      A suspensão do contrato de trabalho não está legalizada. O artigo da MP 927 que tratava sobre o assunto foi revogado. Portanto, seu empregador não poderia ter suspendido o contrato de trabalho de forma alguma.

  20. Avatar Eduardo disse:

    Olá, gostaria de esclarecer uma dúvida, trabalhei sobre um regime de contato temporário na Universidade Federal de Sergipe (professor substituto por período de 2 anos), recentemente o meu contato terminou. Tenho direito ao seguro desemprego?

    • Equipe Direito do Empregado Equipe Direito do Empregado disse:

      Olá Eduardo.

      O programa de seguro desemprego não é aplicável para contratos por tempo determinado que são encerrados. Portanto, você não terá direito ao recebimento do benefício, infelizmente.

  21. Avatar Catarina disse:

    Olá, boa noite!
    O patrão da minha mãe, pediu a todos os funcionários (do seu comércio) que pedissem demissão. Gostaria de saber se ele está correto. O mesmo alega que os funcionários irão receber o seguro desemprego. Como isto ocorre?

    • Equipe Direito do Empregado Equipe Direito do Empregado disse:

      Olá Catarina.

      Primeiramente, quem pede demissão não possui direito ao seguro desemprego. Além disso, a conduta do empregador está completamente equivocada em coagir seus funcionários a pedirem demissão.

      Sugerimos que procure um Advogado Trabalhista!

  22. Avatar José Arnaldo disse:

    MEI que não tem nenhuma fonte de renda entra no Seguro-desemprego ou no auxílio de R$ 600,00 que está pra ser sancionado?

    • Equipe Direito do Empregado Equipe Direito do Empregado disse:

      Olá José Arnaldo.

      Possivelmente entrará no auxílio de R$600, desde que se encaixe em todos os requisitos.

  23. Avatar Márcia disse:

    Boa tarde ,meu filho menor de idade foi contratado por uma empresa o contrato era de 90 dias registrado na carteira, mas o contrato de trabalho foi cancelado pelo empregador em 20 dias trabalho quis são os direitos que ele tem pra receber?

    • Equipe Direito do Empregado Equipe Direito do Empregado disse:

      Olá Márcia.

      Seu filho terá direito ao recebimento de saldo de salário, 13º proporcional, férias proporcionais + 1/3, além de uma indenização.

      Saiba mais sobre os direitos na dispensa durante a experiência, clicando aqui.

  24. Avatar Thainá Borges disse:

    Boa tarde, meu aviso prévio encerrou no dia 28/03. Continua válido o prazo de 10 dias corridos para o pagamento da recisão ou houve mudanças mesmo com a pandemia? Caso não ocorra o pagamento, qual postura devo ter?

    • Equipe Direito do Empregado Equipe Direito do Empregado disse:

      Olá Thainá.

      A medida provisória 927 não alterou o prazo para pagamento das verbas rescisórias. Portanto, o prazo de 10 dias corridos está valendo normalmente.

  25. Avatar Andrezza caxias de abreu disse:

    Ola, me chamo andrezza.. minha empresa tá demitindo sem justa causa.. minha recisão deu 2,800.
    Só que eles não tem como pagar o aviso prévio,aí diminuíram o valor de um salário, só que decidiram parcela o restante de 4 meses.. eu sou obrigada a assinar na folha que eu recebi tudo .. sendo que eles né deram só a metade e ainda parcelado? E falaram que se eu ficar na empresa vou ter que assinar um termo de ciente que não tem data para efetuar o pagamento do mês.. está certo?

    • Equipe Direito do Empregado Equipe Direito do Empregado disse:

      Olá Andrezza.

      Essa situação não está de acordo com a legislação trabalhista. A rescisão não pode ser parcelada, em regra.

      Recomendamos que busque um advogado trabalhista com urgência.

  26. Avatar Eliana disse:

    Meu marido está em aviso prévio trabalhado, porém, trabalhou por mais de 4 anos exercendo múltiplas funções. Se ele assinar a rescisão, perde o direito a reclamar deste acumulo de funções? Ele tem a descrição de cargo das funções da empresa.
    A empresa obriga o funcionário a assinar a rescisão, pois se não assinar não recebe a documentação para saque de FGTS e Seguro Desemprego.

    • Equipe Direito do Empregado Equipe Direito do Empregado disse:

      Olá Eliana,

      O seu esposo não perderá o direito de reclamar na justiça caso assine o Termo de Rescisão.

      O termo de rescisão dá quitação apenas das parcelas constantes no documento. Seu esposo terá 2 anos para reclamar quaisquer direitos perante a justiça do trabalho.

  27. Avatar Tavares disse:

    Ola. Trabalho em uma empresa e vai me dar férias de 15 dias durante essa pandemia apartir do dia 1 de abril até dia 15 abril.so que informou que só vai pagar essas férias no dia 5 de maio junto com 13 décimo querias saber se a empresa está correto em ralação esse pagamento.

    • Equipe Direito do Empregado Equipe Direito do Empregado disse:

      Olá Tavares.

      A empresa está agindo corretamente, tendo em vista que a MP 927 possibilitou esse pagamento posterior das férias.

  28. Avatar David Oliveira disse:

    Olá, clínicas terceirizadas que prestam alguns serviços para pacientes internados e pacientes eletivos, dentro de um hospital é um ambiente insalubre para os funcionários (recepcionistas, telefonistas, digitadores…) ? Tem alguma lei que especifique esse ambiente?

    • Equipe Direito do Empregado Equipe Direito do Empregado disse:

      Olá David,

      As atividades insalubres são listadas na NR15.

      Contudo, ainda que não esteja na lista, uma atividade pode ser considerada insalubre por meio de uma perícia feita diretamente no ambiente de trabalho.

  29. Avatar Adriano Oliveira disse:

    Bom dia !! Data de admissão 09/05/2018
    Até o momento não me avisaram sobre férias, o que acontece se eles não me derem férias até dia 09/04/2020?

    • Equipe Direito do Empregado Equipe Direito do Empregado disse:

      Olá Adriano,

      Nesse caso, a empresa deverá pagar férias dobradas, de acordo com a lei.

      Temos um post com várias perguntas e respostas sobre férias. Você pode acessar, clicando aqui.

  30. Avatar Iara da Silva Alves disse:

    Bom dia ! Meu Marido foi demetido trabalhou 7 meses na empresa (padaria) trabalhava de segunda à segunda e recebia só 600,00$. Sem direito à folga.
    Queríamos entrar com uma ação na justiça, será que vale à pena ?

    • Equipe Direito do Empregado Equipe Direito do Empregado disse:

      Olá Iara,

      Certamente, seu marido terá direito ao recebimento de, no mínimo, as diferenças salariais e seus reflexos, tendo em vista que um empregado que trabalha em jornada normal não pode receber menos que um salário mínimo por mês.

      Recomendamos que procure um Advogado Trabalhista.

  31. Avatar Camila disse:

    A empresa que trabalho reduziu o salário pela metade sendo esse salário menor que o piso mínimo , eles podem fazer isso por conta dessa fase q estamos vivendo de crise ?

    • Equipe Direito do Empregado Equipe Direito do Empregado disse:

      Olá Camila,

      De acordo com a Constituição Federal, para redução de salário é preciso haver uma negociação entre sindicato e empresas. Contudo, caso o sindicato fique silente, as empresas talvez se façam valer da MP 927 para tentar um acordo individual com cada empregado para redução de salário.

  32. Avatar Juliana disse:

    Pedi demissao e minha ex patroa alegou nao ter como pagar. Fizemos um acordo onde parcelou o valor em contrato assinado pela empresa e por mim.
    Resultado ela nao pagou o combinado em acordo e alegou ser por conta do corona vírus.
    Existe algo que possa ser feito nessa situação?

    • Equipe Direito do Empregado Equipe Direito do Empregado disse:

      Olá Juliana,

      Essa alegação, ainda que seja compreensível, não possui muita validade.

      Recomendamos que você consulte um advogado trabalhista para requerer seus direitos na justiça.

  33. Avatar Lorrany disse:

    Dúvida: é a primeira vez que assinei a carteira, aí não sei como funciona. Mas no mês de férias eu recebo o pagamento normal + férias (valor do pagamento tbm) + 1/3 … ou recebo só férias +1/3?

    • Equipe Direito do Empregado Equipe Direito do Empregado disse:

      Olá Lorrany,

      Você receberá pagamento normal + férias + 1/3.

  34. Avatar Fernanda Guimarães disse:

    Boa noite gostaria de saber se eu fizer um acordo com o meu patrão.
    Qual seria o valor da multa é aviso prévio
    Se eu tenho direito a ganhar minha férias de 11/12 é qual seria o valor.
    Pelo acordo

    • Equipe Direito do Empregado Equipe Direito do Empregado disse:

      Olá Fernanda.

      No caso de acordo para ser dispensada, a multa do FGTS é reduzida para 20% e o aviso prévio pela metade, caso seja indenizado. Além disso, você poderá sacar apenas 80% do FGTS.

      Temos um post falando tudo sobre o acordo para demissão (dispensa). Clique aqui para ler na íntegra.

    • Avatar Bianca disse:

      Boa noite!Qual valor do seguro desemprego que posso receber?Trabalhei como operador de telemarketing

    • Equipe Direito do Empregado Equipe Direito do Empregado disse:

      Olá Bianca.

      O valor máximo da parcela do seguro desemprego em 2020 é de R$1.813,03. Contudo, se sua remuneração era inferior a esse valor, é necessário um cálculo específico para chegar ao valor da parcela que você terá direito.

  35. Avatar fabiane maria sobreira silva disse:

    Olá boa tarde, pedi demissão ainda na experiência porque estou com transtorno de ansiedade (admissão 23/01/2020 e demissão 18/03/2020) nesse caso é correto conceder o aviso prévio ao empregador?

    • Equipe Direito do Empregado Equipe Direito do Empregado disse:

      Olá Fabiane.

      O contrato de experiência não prevê a concessão de aviso prévio, em regra.

      O seu pedido de demissão importará apenas no pagamento de uma multa que é a metade do que você receberia até o final do contrato.

  36. Avatar Alice Monteiro disse:

    Oie.. Boa tarde. Vcs podem me ajudar me dizendo quanto receberei por 10 dias de ferias?

    • Equipe Direito do Empregado Equipe Direito do Empregado disse:

      Olá Alice,

      Isso vai depender do valor do seu salário. Mas todo pagamento de férias deverá ser relativo ao período de férias acrescido do pagamento de 1/3 adicional sobre o valor.

      Recomendamos que leia nosso post que tira várias dúvidas sobre as férias, clicando aqui.

  37. Avatar Tânia disse:

    Eu estou pensando em pedir demissão do meu emprego. Quais seriam meus direitos?

    • Equipe Direito do Empregado Equipe Direito do Empregado disse:

      Olá Tânia,

      Ao pedir demissão, você possui direito ao recebimento de saldo de salário, 13º salário proporcional e férias proporcionais + 1/3.

      Temos um post completo sobre pedido de demissão. Veja, clicando aqui.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *